151

151

palavra viva

ISAÍAS 24:5 – “A TERRA ESTÁ CONTAMINADA POR CAUSA DOS SEUS MORADORES, PORQUANTO TRANSGRIDEM AS LEIS, MUDAM OS ESTATUTOS, E QUEBRAM A ALIANÇA ETERNA”.

Impostômetro

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

RETA FINAL: Hélio Soares é apontado com um dos grandes favoritos para reeleição de deputado estadual


Açailândia - Detentor de 04 mandatos o deputado Hélio Soares (PMDB) aparece como um dos grandes favoritos à reeleição de deputado estadual, em estudo de probabilidades realizado por um dos maiores especialistas da capital do Estado, o ex-deputado Joaquim Haickel.

O resultado desses números foi encontrado através de um levantamento feito através de informações dos partidos políticos e de pessoas experientes que conhecem a real situação eleitoral das diversas regiões do Estado do Maranhão, bem como dos candidatos que concorrem, tanto ao cargo de deputado federal, como deputado estadual.

Esse estudo consiste na atribuição de votos para cada um dos candidatos de cada partido ou coligação, resultando assim na quantidade de votos globais e consequentemente cálculo do quociente eleitoral, e, posterior distribuição das vagas em disputa para cada um dos partidos ou coligação.

Na coligação de Hélio Soares composta pelos partidos PMDB/PV/DEM/PTB/PSC/PTdoB/PRTB/PR, que deverá fazer de 15 a 18 deputados, seguindo o quociente eleitoral, Hélio desponta como um dos grandes favoritos.

Campanha em Açailândia
Na cidade de Açailândia, onde Hélio tem o apoio incondicional de todo o grupo comandado pela prefeita Gleide Santos, o candidato deverá ser um dos mais bem votados, despontando na frente de muitos outros que fizeram acirrada campanha no Município.

Nos últimos dias a campanha de Hélio Soares em Açailândia foi ainda mais intensificada, com seguidas reuniões que serviram para consolidar de vez a campanha.

Na segunda-feira (29) o que seria apenas mais uma reunião partidária realizada na Vila Ildemar, acabou se tornando um grande comício. Gleide Santos e o vereador Sarney Moreira reuniram centenas de amigos e correligionários em apoio a reeleição de Hélio Soares.

Na terça-feira (30) foi a vez de reunir a classe dos mototaxistas e seus familiares que compareceram em peso e mais uma vez declararam apoio á prefeita Gleide Santos e firmaram o compromisso do voto em Hélio Soares para deputado estadual e Chiquinho Escórcio para deputado federal.

Na quarta-feira (1º de outubro), Gleide Santos reunirá todos os taxistas de Açailândia em sua residência para reforçar a classe a importância da eleição do deputado Hélio Soares para o Município de Açailândia.

Na quinta-feira, dia 02, toda a militância de campanha de Hélio Soares realizará visitas no povoado de Córrego Novo e no Distrito de Novo Bacabal. À noite uma grande reunião com servidores públicos do Município será realizada na residência da prefeita Gleide Santos, em uma demonstração de apoio ao deputado Hélio Soares.

Na sexta-feira (03) e no sábado, 02 dias que antecedem a eleição, a militância se reunirá para traçar estratégias de logísticas para fechamento, com chave de ouro, a campanha de Hélio Soares deputado estadual.

Açailandenses são seletivados para cursos de especializações gratuitas na UEMA

http://www.wiltonlima.com.br/2014/10/acailandenses-sao-seletivados-para.html


O colaborador do Jornal A Tribuna e titular do Blog, Wilton Lima, foi classificado em 24º Lugar para o curso de Pós-Graduação em Gestão Pública. O jornalista acaba de se formar no curso de Bacharelado em Administração Pública e cola grau ainda este ano, conforme calendário da UEMA.

A Universidade Estadual do Maranhão, por meio do Núcleo de Tecnologias para Educação – UEMA NET, divulgou, na tarde do dia 30/9, resultado das pós-graduações gratuitas, ofertadas pela Instituição, na modalidade a distância.
São cinco especializações, que obtiveram quase 30 mil inscritos: Ensino da Genética, Psicologia da Educação, Gestão em Saúde, Gestão Pública e Gestão Pública Municipal.

“As vagas que inicialmente eram de 1.045 foram aumentadas, ultrapassando 2 mil vagas, entre polos UAB e Centros da Universidade, em virtude de haverem vagas ociosas advindas de Termos de Cooperação Técnica firmados com as secretarias de Educação de São Luís e do Maranhão. Sendo assim, foi possível disponibilizar um aumento no quantitativo de vagas ofertadas”, explicou o reitor da Uema, prof.José Augusto Oliveira.

De acordo com a coordenadora geral do UemaNet, profa.Ilka Serra, tal atitude “demonstra o interesse dessa IES de buscar e promover o ensino da pós-graduação gratuita à comunidade, com o intuito de desenvolver social e economicamente o Maranhão”.

As matrículas acontecem de 20 a 24 de outubro, das 8h às 18h, no polo em que o candidato foi aprovado para cursar a especialização.

Os cursos serão ofertados em 19 polos de apoio presencial. São eles: Caxias, Codó, Coelho Neto, Dom Pedro, Fortaleza dos Nogueiras, Grajaú, Humberto de Campos, Imperatriz, Porto Franco, Santa Inês, Santa Quitéria, São João dos Patos, São Luís, Timbiras, Bacabal, Colinas, Timon, Balsas e Açailândia.

As especializações fazem parte do Programa da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil – SECAD/UAB/CAPES.

Acesse o resultado no site 


Abaixo a lista dos classificados no curso de Pós-Graduação em Gestão Pública:


Casal de idosos decide morrer junto em suicídio assistido

http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/casal-de-idosos-decide-morrer-junto-em-suicidio-assistido-14067821?utm_source=Facebook%20&utm_medium=Social%20&utm_campaign=O%20Globo

BRUXELAS – Com medo da solidão, um casal belga de idosos tomou uma difícil decisão: eles irão morrer juntos. Identificados apenas pelo primeiro nome, Francis, de 89 anos, e sua esposa, Anne, de 86, pretendem cometer suicídio assistido no dia 3 de fevereiro do ano que vem, data em que comemoram 64 anos de casados. A decisão tem apoio dos filhos, que compreendem a vontade dos pais e ajudaram na busca por um médico que aceitasse fazer o procedimento. A eutanásia é legalizada na Bélgica desde 2002.
O caso chama atenção porque nenhum dos dois sofre de doença em estado terminal. O que impulsiona a vontade pela eutanásia é o medo de ficar sozinho caso um dos dois morra antes. Contudo, ambos já sentem os sinais da idade. Francis recebe tratamento para um câncer de próstata há 20 anos e constantemente é medicado com morfina, enquanto Anne é parcialmente cega e quase totalmente surda.
O medo da solidão é tão grande que os dois vão sempre ao mercado juntos, temendo que o outro não retorne para casa. Entre as opções para os próximos anos, a eutanásia foi o melhor caminho escolhido por uma série de fatores. O casal descartou a opção de homecare, pois teme perder as forças para decidir pelo suicídio assistido, assim como não poderiam ser internados em uma casa de repouso, pois os custos são maiores que as pensões que recebem.
- Nós queremos ir juntos porque nós dois tememos pelo futuro – disse Francis, ao jornal britânico “Daily Mail”. - É simples assim: temos medo do que vem pela frente. Medo de ficar sozinho e, acima de tudo, medo das consequências da solidão.
Segundo Francis, a eutanásia foi o método escolhido porque eles não teriam coragem para cometer suicídio:
-É preciso coragem para se atirar de um prédio, é preciso coragem para se enforcar, é preciso coragem para se jogar em um canal. Mas um médico te dar uma injeção e você dormir calmamente? Para isso não é preciso coragem.
O filho do casal, John Paul, considera a decisão dos pais a “melhor solução”. Segundo ele, os dois conversavam sobre planos de morrer juntos como se estivessem planejando uma viagem de férias. Tanto ele, como a irmã, foram os responsáveis por encontrar um médico dispostos a realizar o procedimento após a recusa do profissional que atende a família.
- Se um dos dois morresse, o que restasse ficaria muito triste e estaria totalmente dependente de nós. Seria impossível virmos todos os dias para cuidar do nosso pai ou da nossa mãe – disse John Paul.
A eutanásia dupla não será a primeira na Bélgica, país que realiza uma média de cinco mortes por dia com injeção letal. Em 2012, os gêmeos surdos Marc e Eddy Verbessem, de 45 anos, receberam o direito de morrer após descobrirem que ficariam cegos. Este mês, Van Den Bleeken, condenado a prisão perpétua por estupro e assassinato, também teve concedido o direito à eutanásia.
Casos como o do casal de idosos levanta discussões sobre os limites da eutanásia e o suicídio assistido. Pela lei, o pedido deve ser feito pelo paciente, de forma consciente, e ele deve sofrer sobre “constante e insuportável dor física ou psicológica” resultante de acidente ou doença incurável.

Nem sempre é eleito quem tem mais votos



Nas eleições para deputado federal, estadual e distrital no Brasil o que vigora é o sistema proporcional [eleição indireta]. Saiba como seu voto é calculado e quem você pode ajudar a eleger indiretamente em 2014.

Deputados no Brasil são eleitos indiretamente. Entenda abaixo como funciona o sistema proporcional (divulgação)
No Brasil, a escolha dos representantes para o poder Executivo, cargos como os de presidente da República e governador, é feita pelo sistema majoritário, baseado em uma conta simples: quem tiver mais votos ganha. Nas eleições para deputado federal, estadual e distrital, no entanto, o sistema é o proporcional, uma forma de escolha que possibilita a eleição de um candidato com poucos votos, enquanto um nome bem votado pode ficar fora do parlamento. Abaixo, entenda como funcionam as eleições proporcionais e saiba onde pode parar o seu voto:
Cada eleitor vota em um candidato a deputado federal e outro a deputado estadual (ou distrital, se morar no Distrito Federal). Os deputados eleitos não são necessariamente os que têm mais votos, já que a definição passa pelo cálculo de dois números: o quociente partidário e o eleitoral.
Primeiro, o total de votos válidos dos eleitores é dividido pelo número de vagas. Este é o chamado quociente eleitoral – ou seja, quanto cada partido ou coligação precisaria de votos para eleger um deputado. Por exemplo: em um estado com dois milhões de votos válidos e vinte vagas para a Assembleia Legislativa, o quociente eleitoral será de 100 mil. Depois, os votos de cada partido ou coligação são divididos pelo quociente eleitoral. Se, no mesmo estado hipotético acima, um partido tiver 400 mil votos, ele irá eleger quatro deputados. Por fim, os quatro deputados mais bem votados do partido ou coligação serão eleitos.
Sim, pois candidatos com muitos votos podem não ser eleitos. Outros, com poucos votos, podem ganhar uma vaga. Na última eleição, a hoje presidenciável Luciana Genro (PSOL) recebeu 129,5 mil votos para deputado federal pelo Rio Grande do Sul, sendo a oitava mais votada no estado. Genro não conseguiu um lugar entre os 31 deputados do estado, no entanto, e se tornou a candidata mais bem votada do País a não obter uma vaga. Isso ocorreu porque o PSOL não conseguiu atingir o quociente eleitoral do estado, e ficou sem vagas. Também em 2010, Jean Wyllys foi beneficiado pelo mesmo sistema que prejudicou sua colega de partido. Com 13 mil votos, Wyllys se tornou o deputado federal eleito com a menor proporção de votos do País. O psolista ganhou uma vaga na Câmara graças à votação do seu colega Chico Alencar (PSOL-RJ), que teve 240 mil apoiadores. Com os votos de Alencar, Wyllys e outros, o PSOL-RJ teve direito a duas vagas na Câmara. Como Wyllys foi o segundo mais votado do partido, teve direito a essa vaga.
É um deputado que ajuda a eleger outros do seu partido com uma grande votação. Tiririca (PR-SP), por exemplo, recebeu 1,3 milhão de votos na última eleição, um valor bem acima do necessário para ser eleito. Com isso, conseguiu levar à Câmara mais três candidatos de sua coligação. O efeito dos puxadores, porém, costuma ser hipervalorizado. Levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) mostra que apenas 35 dos 513 deputados federais foram eleitos somente com seus próprios votos. Isso significa que conta mais o conjunto de votos nos candidatos do partido do que o efeito de grandes puxadores de votos.
É o voto dado a um partido, e não a um candidato. O eleitor pode escolher votar numa legenda e, desta forma, ajudá-la sem escolher um candidato em específico. Este voto conta para o partido, ou coligação, chegar ao quociente eleitoral.
Se um deputado sai do seu cargo, o primeiro candidato mais votado da coligação assume a vaga. Geralmente a saída do cargo ocorre quando um parlamentar assume ministérios, secretarias ou o Executivo. Apenas em 2013, devido à posse de prefeitos e secretários, 17 deputados suplentes assumiram os mandatos na Câmara no início do ano.
Sim. Deve-se levar em conta os candidatos do partido ou da coligação em que se está votando. Em 2014, por exemplo, o eleitor de São Paulo que votar em um candidato do PT pode ajudar a eleger nomes do PCdoB, porque os dois partidos fizeram uma coligação no estado. Da mesma forma, o eleitor paulista que votar em um candidato do PSDB pode ajudar a eleger nomes do DEM e do PPS, coligados com os tucanos. Em Minas Gerais, a situação é diferente. O eleitor que votar em um candidato a deputado federal do PT estará ajudando a eleger nomes de toda a coligação: PMDB, PCdoB, PROS e PRB. O eleitor de Minas que apostar em um deputado federal tucano, por sua vez, pode ajudar a eleger candidatos de outros 13 partidos, todos da coligação encabeçada pelos tucanos: PP, DEM, PSD, PTB, PPS, PV, PDT, PR, PMN, PSC, PSL, PTC e SD. Todas as coligações proporcionais por estado podem ser verificadas no site do Tribunal Superior Eleitoral.
Depende. Este número varia conforme o número de eleitores do estado, o número de vagas, abstenção dos eleitores e votos que foram anulados. Segundo dados do TSE, nas últimas eleições o maior quociente eleitoral foi em São Paulo. Para eleger um deputado federal, o partido ou coligação teve de alcançar 314.909 votos. Para conseguir um deputado estadual, precisou de 230.585 votos. Os menores quocientes em 2010 foram os de Roraima, onde os partidos tiveram de somar 27.837 votos para eleger um deputado federal e 9.370 para eleger um estadual.
Não. Um senador é eleito por voto direto. Caso ele saia do cargo, quem assume é um suplente que foi eleito junto com ele. Os suplentes de cada candidato também podem ser checados no site do Tribunal Superior Eleitoral.
O sistema proporcional vigente hoje é alvo de diversas críticas, mas há grande variedade de propostas de reformas eleitorais e políticas para mudar este quadro. A CNBB, a OAB e outras entidades propõe que o eleitor vote primeiro em um partido e, posteriormente, escolha um candidato daquela legenda. As diversas propostas de reforma política apresentadas pelo PT na última década também pedem a chamada votação em lista.

http://pragmatismo.jusbrasil.com.br/artigos/142294291/nem-sempre-e-eleito-quem-tem-mais-votos?utm_campaign=newsletter-daily_20140930_147&utm_medium=email&utm_source=newsletter

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Durante debate, Fidelix sugere que casamento gay reduzirá população

INFO MONEY
Candidato à Presidência pelo PRTB disse ainda que dois “iguais” não podem procriar pelo “aparelho excretor”.
Durante debate da Record, a candidata à presidente pelo PSOL Luciana Genro fez uma pergunta sobre a união homoafetiva que levou a uma resposta bastante polêmica sobre do candidato do PRTB, Levy Fidelix.
Luciana destacou que os homossexuais, travestis, lésbicas sofrem violências constante e questionou Levy por que as pessoas que defendem a família se recusam a reconhecer como família pessoas do mesmo sexo? Fidelix afirmou que tem 62 anos e, “pelo que eu vi na vida, 2 iguais não fazem filho, e digo mais, mas aparelho excretor não reproduz. Não podemos jamais deixar que tenhamos esses que aí estão, fazer escorando essa minoria a maioria do povo brasileiro. Eu como pai, avô, que tem vergonha na cara, ensinar os seus filhos e netos. [...]. Então, eu lamento, que façam bom proveito, mas como presidente, eu jamais vou estimular essa prática”.
Luciana afirmou que infelizmente não está na lei e que o casamento civil igualitário é fundamental para reconhecer qualquer tipo de família. “Eu defendo todas as famílias”, afirmou.  Levy rebateu e disse que, se começar a estimular “isso aí, vamos reduzir a população brasileira pela metade. Nós vamos enfrentar esse problema. Essas pessoas que têm esses problemas sejam atendidos por ajudas psicológicas”.

O tempo está esgotando para os candidatos

O tempo está esgotando para os candidatos, já que no próximo domingo serão realizadas as eleições que decidirão o novo rumo na política. A hora é de correr contra o tempo para segurar os apoios e conquistar o voto dos indecisos.
A sorte está lançada!

AÇAILÂNDIA : CANDIDATO A DEPUTADO CONCEDE ENTREVISTA COLETIVA À IMPRENSA SOBRE O CASO DO TRIO QUE PEGOU FOGO 30.09.2014








Antônio Pereira reúne 10 mil pessoas durante mega comício em Buriticupu






O deputado Antônio Pereira (DEM-25333) reuniu, em um mega comício na cidade de Buriticupu, uma multidão calculada em mais de dez mil pessoas, que apóiam a sua reeleição para o quarto mandato na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. 
O mega comício foi organizado pelo prefeito Zé Gomes, pelo ex-prefeito Gildan e a esposa, vereadora Joelda e pelos vereadores Ely Josélio (presidente), Pipoca, Gomes Filho, Abimael, Raimundo Filho, Evaristo, Careca, Jairo da Cikel e Ceci e pela juventude de Buriticupu. 
   
Durante o mega comício - acompanhado do candidato Hildo Rocha (federal) – Antônio Pereira reafirmou o compromisso de continuar trabalhando pelo povo de Buriticupu, buscando recursos junto aos governos estadual, federal e outras esferas de poder. 
                          MERECE O VOTO DO POVO
Em seu discurso, o prefeito Zé Gomes pediu votos para Antônio Pereira e agradeceu os benefícios conseguidos para o povo nos setores de infra-instrutura, educação, saúde e saneamento básico, especialmente a construção da nova e moderna rodoviária de Buriticupu.

Da mesma opinião compartilham o ex-prefeito Gildan Medeiros e a esposa, vereadora Joelda Medeiros, o presidente da Câmara Municipal de Buriticupu, Ely Josélio e os vereadores Pipoca, Gomes Filho, Abimael, Raimundo Filho, Evaristo, Careca, Jairo da Cikel e Ceci.


Ambos pediram votos para Antônio Pereira e destacaram o trabalho do deputado, que levou recursos para pavimentar avenidas, ruas, estradas e construir de poços artesianos, um posto de saúde e uma moderna Unidade e Pronto Atendimento (UPA).      

Bancários farão greve nacional por tempo indeterminado

http://estadao.br.msn.com/economia/banc%C3%A1rios-far%C3%A3o-greve-nacional-por-tempo-indeterminado-1


Categoria defende aumento de 12,5%, com ganho real de 5,8%. Última paralisação ocorreu entre setembro e outubro do ano passado e durou mais de 20 dias.

Paulo Whitaker - Reuters

Bancários reivindicam ganho real de 5,8%.
Os bancários rejeitaram na noite desta segunda-feira, 29, mais uma proposta de reajuste salarial e aprovaram para amanhã o início de greve nacional por tempo indeterminado. A última paralisação dos bancários ocorreu entre setembro e outubro do ano passado e durou mais de 20 dias.
Entre outras reivindicações, eles defendem um aumento de 12,5%, com ganho real de 5,8%. Para o cálculo da inflação foi utilizado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que acumulou alta de 6,35% no período de 12 meses encerrado em agosto. A data-base dos bancários para renegociar os contratos coletivos de trabalho é 1º de setembro.
Após os bancários rejeitarem proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na quinta-feira da semana passada, a instituição retomou as negociações na sexta-feira e apresentou novos números no sábado. A federação ofereceu um reajuste de 7,35% nos salários, na Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e nos valores dos vales e auxílios. Para o piso da categoria, o reajuste oferecido foi de 8%.
O Comando Nacional dos Bancários considerou a proposta insuficiente e orientou os 134 sindicatos que representa no País a votarem pela greve nas assembleias desta segunda-feira. Os bancários se reuniram no início desta noite em todo o País para votar a proposta da Fenaban e para organizar a greve, após oito rodadas de negociações.
O Comando Nacional reivindica, além do reajuste salarial de 12,5%, PLR de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247. Os bancários também querem gratificação de caixa de R$ 1.042,74, gratificação de função de 70% do salário do cargo efetivo e vale-cultura de R$ 112,50.
Segundo a assessoria do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região - o maior da categoria -, não deve ocorrer uma adesão total à greve amanhã, mas a assessoria lembrou que as paralisações costumam crescer ao longo do tempo. Haverá um balanço diário para medir quantas agências aderiram à greve.
Contas a pagar
O Procon orientou, em nota divulgada hoje, os consumidores a continuarem pagando suas contas, o que pode ser feito pela internet, nos caixas eletrônicos, casas lotéricas, supermercados e agências dos Correios. "A greve é um risco previsto nas atividades de uma instituição financeira, mas se o consumidor tentou outras formas de pagamento e não obteve resultado não poderá arcar com eventuais prejuízos", explicou a instituição.
A Fenaban ainda esclareceu que apenas 10% das operações bancárias são feitas por meio das agências. A internet representa a maior parcela, com 41% das transações, seguida pelos caixas eletrônicos, com 23%, conforme números correspondentes a 2013. Questionada sobre as reivindicações dos bancários, a Fenaban respondeu que "permanece confiante na manutenção das negociações para um desfecho do acordo coletivo".

Gleide Santos e Sarney Moreira Realizam Grande Mobilização na Vila Ildemar em Prol dos Seus Candidatos.










Uma multidão de cerca de 800 pessoas marcaram presença, em grande reunião popular realizada na “Casa do Forró” próximo a Praça Wallace na Vila Ildemar, a grande mobilização política reuniu pela segunda vez naquele grande Bairro centenas de pessoas em prol da reeleição do deputado estadual Hélio Soares (15000) na região de Açailândia.

O ato foi mais um grande momento de mobilização política organizada pelo vereador Sarney Moreira e a Prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos (PMDB), em prol dos seus candidatos nesta eleição: Hélio Soares 15000 (PMDB), Chiquinho Escorcio 1515 (PMDB), Gastão Vieira 151 (PMDB) Lobão Filho 15 (PMDB) e Dilma Rousseff 13 (PT).

Ao lado do médico e esposo Dr. Dalvadisio Moreira, secretários (a) municipais e lideranças do município que apoiam Hélio Soares, a prefeita Gleide Santos (PMDB) na 2ª reunião realizada na Vila Ildemar fez uma prestação de contas do seu mandato e defendeu com muita ênfase a reeleição do deputado Hélio Soares reiterando o trabalho parlamentar que está sendo realizado pelo Maranhão e o que eles (Gleide Santos e Hélio Soares) podem continuar fazendo juntos em prol de Açailândia.

Já o Vereador Sarney Moreira (PRP) em sua fala reforçou o apoio ao deputado Hélio Soares e disse que a Vila Ildemar esta mais uma vez na rota de vários projetos e indicações suas, e que a vila Ildemar terá durante os quatro anos da administração Gleide Santos uma atenção privilegiada porque temos na prefeitura de Açailândia uma prefeita dedicada e séria no trato com a coisa pública e reforçou que o seu mandato de vereador, mais uma vez, estar à disposição do povo daquela grande comunidade.

A mobilização desta segunda-feira comprovou que os moradores de Açailândia estão confirmando o apoio e voto em Hélio Soares e Chiquinho Escorcio por entenderem que eles representam a certeza do trabalho e que Açailândia terá novamente dois deputados (um estadual e um federal) comprometidos com os Açailandenses e que representarão a nossa cidade e região tocantina na Assembleia Legislativa do Estado e na Câmara Federal.

Encerrando a reunião do vereador Sarney Moreira, a prefeita Gleide Santos foi cumprimentar pessoalmente alguns dos moradores da Vila Ildemar onde nesta reta final ela tem conseguido em conjunto com o trabalho do seu grupo político conquistar centenas de apoios para todos os seus candidatos da coligação “Pra Frente Maranhão”.


2682/11-J

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

DEPUTADO HÉLIO SOARES É VITIMA DE ASSALTO EM SÃO LUÍS.


http://www.portaldomunim.com.br/deputado-helio-soares-e-vitima-de-assalto-em-sao-luis/

SÃO LUÍS - O Deputado Estadual Hélio Soares(PMDB) foi vítima de um assalto na tarde da última quinta-feira 25/09. 
Segundo informações repassadas ao Portal, o parlamentar saiu da agência do banco estilo no bairro do Calhau quando dois elementos seguiram o veículo Volkswagen Fox que o deputado se encontrava. 
O motorista de Hélio Soares assim que percebeu que estava sendo seguido, mudou o percurso e conseguiu despistar os homens. Depois, seguiu com o político e um secretário do Prefeitura de Alcântara, sentido centro de São Luís. 
Na proximidade do Palácio dos Esportes, o deputado desceu do veículo e o motorista ficou esperando. Minutos após, os bandidos na mesma moto abordaram o veículo. 

O motorista reagiu empreendendo fuga, momento que os meliantes disparam contra o carro, acertando três vezes na lataria. Ainda houve perseguição dos assaltantes ao veículo, mas felizmente sem sucesso.

Boca de urna é proibida durante a votação


A legislação eleitoral estabelece como crime, no dia da eleição, a arregimentação (o recrutamento) de eleitores ou a propaganda de boca de urna. A prática pode resultar em 6 meses a 1 ano de detenção, com alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa que pode variar de R$ 5.320,50  a R$ 15.961,50 (Lei nº 9.504/97, art. 39, § 5º, I a III).
No dia da votação, também são proibidos o uso de alto-falantes e amplificadores de som, a promoção de comício ou carreata e a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. No entanto, é permitido ao eleitor manifestar sua preferência, individual e silenciosa, por candidato, partido político e coligação, por meio de bandeiras, broches, dísticos e adesivos no momento em que for votar (Lei nº 9.504/1997, art. 39-A, caput).
Já a divulgação de pesquisa de intenção de voto (de boca de urna) feita no dia das eleições somente pode ocorrer a partir das 17h, nas eleições relativas à escolha de deputados estaduais ou distritais, deputados federais, senador e governador. E apenas após as 19h no caso da eleição para presidente da República, sempre respeitando o fuso horário de cada localidade.

NOTICIAS DO GOOGLE

Loading...

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

Josinaldosmille@hotmail.com

Colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)8157-6879 //(99)-9175 - 2799

BLOGOSFERA