palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

DOAÇÕES

DOAÇÕES

DOAÇÕES

Obrigado a todos que mensalmente mostram seu apoio para O BLOG FOLHA DE CUXÁ. Lembre-se de fazer uma doação de qualquer valor R$ para a continuidade do nosso trabalho. Qualquer quantidade de apoio financeiro neste momento será direcionada para cobrir despesas e manutenção. Agradeço antecipadamente...obrigado a todos que mostraram seu apoio para o nosso trabalho!

O SIGNIFICADO DA VIDA

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Temporada de férias atrai turistas para o Polo das Serras Guajajara, Timbira e Kanela.

A Cachoeira Grande, uma das maiores em Barra do Corda, foi batizada pela exuberância da queda d’água.
Fachada da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, um atrativo que marca a religiosidade da região.
Detalhe da fachada da Igreja Matriz, com destaque para os mártires do Massacre de Alto Alegre.

Mais um dos atrativos naturais, a Cachoeira da Fumaça também está entre as preferidas dos visitantes.

Longe dos roteiros turísticos tradicionais dos grandes centros e do litoral brasileiro, a região se destaca por oferecer beleza e descanso de forma simples e relaxante.

Barra do Corda - Independente de como seja, em família, em casal, entre amigos ou sozinho, viajar sempre é uma experiência fantástica. O Maranhão, composto por cinco biomas e coberto por mata Atlântica e Floresta Amazônica é um dos principais destinos turísticos do país, principalmente nesse período, onde as pessoas buscam atrativos naturais para conhecer e relaxar.
Nesse sentido, o Sebrae, por meio da regional em Grajaú, vem desenvolvendo ações de capacitação para empresas do segmento de turismo, com atividades em hotelaria, transporte e alimentação, com o objetivo de preparar o mercado para melhor atender o público visitante e desenvolver o setor na região, gerando renda e qualidade de vida.
Entre os municípios com grande potencial turístico regional que vem se preparando para, cada vez mais, atender melhor o turista é a cidade de Barra do Corda, a 425 quilômetros de São Luís. Com cerca de 82 mil habitantes, a cidade foi fundada em 1835, logo às margens dos rios Corda e Mearim. O local se destaca por proporcionar um dos melhores e mais seguros carnavais do Maranhão, atraindo visitantes de diversas regiões do estado.
De fácil acesso, o território onde a cidade foi fundada pertencia às tribos dos índios Canelas, do Tronco dos Gês e Guajajaras, da linhagem Tupi – fator histórico que inclui o município no mais novo polo turístico do Maranhão, o Polo Turístico Regional das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela.  Barra do Corda tem em sua história um fato de grande repercussão histórica, conhecido como o Massacre da Colônia Alto Alegre, uma revolta dos indígenas locais contra uma missão religiosa capuchinha com consequências trágicas e mais de 200 pessoas mortas, ocorrida em 1901 – o que atrai a curiosidade dos visitantes.
Com forte vocação para o ecoturismo, a cidade também oferece opções para o turismo de experiência, que inova ou complementa os atrativos de um destino, tendo em vista a emoção e o conhecimento que as experiências com a cultura local podem proporcionar ao turista. A proposta acompanha a tendência da Economia de Experiência – que se firma como uma forma de atuação do mercado turístico brasileiro.
Passeios consolidados
O empresário Francisco Santana, popularmente conhecido como Chicão, atua em Barra do Corda com a Agência de Turismo Rio Corda desde meados da década de 90, operacionalizando passeios com visitantes que buscam a exuberância da natureza local e a beleza nativa impressionante e quase inexplorada, oferecendo visitas às aldeias indígenas, às cachoeiras, aos dois rios que circundam a cidade e dando o devido destaque à riqueza religiosa que compõe a história da cidade.
“A Cachoeira da Fumaça e a Cachoeira Grande, por exemplo, são os destinos preferidos dos turistas nesta época do ano, quando já cessaram as chuvas, e é possível relaxar com o ambiente e admirar as belezas naturais”, informa Chicão, que se mostra um entusiasta dos atrativos locais. “Somos privilegiados com um potencial turístico muito forte. Barra do Corda é banhada por dois grandes rios, além de termos cachoeiras fantásticas e as aldeias indígenas, que oferecem artesanato e uma experiência diferenciada”, enumera.
O passeio, batizado pela própria agência como roteiro Sertão Barracordense, leva os visitantes às duas cachoeiras mais conhecidas da cidade, às aldeias indígenas Cachoeira e Kwarahy, à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição – edificação que traz uma homenagem à missão capuchinha vítima do Massacre de Alto Alegre – incluindo alimentação, traslado e hospedagem para um fim de semana. O pacote individual é comercializado a R$ 600. Para um passeio mais modesto e focado apenas na visita às cachoeiras e sem hospedagem e alimentação, o valor cai para R$ 150, também individual.
Roteirização dos atrativos turísticos
Além de desenvolver ações que capacitam os empresários do setor, o Sebrae realiza, há quatro anos, o Seminário de Turismo Regional do Polo das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela, que em 2017 foi realizado em Barra do Corda. O seminário é um momento para expor ideias, opiniões, produtos e serviços com uma programação focada no desenvolvimento turístico para o polo.
A gerente da regional do Sebrae em Grajaú, Cecília Salata, tem acompanhado a evolução desse trabalho e destacou a importância de promover ações que preparem o empresário para atender o turista que vem de roteiros turísticos tradicionais, nos grandes centros e no litoral brasileiro, e procurado o turismo rural, migrando para pequenas cidades do interior do país.
“O Polo das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela tem um potencial de turístico que está despertando para o empreendedorismo. Nesse sentido, o Sebrae tem se dedicado a estudos técnicos e ao mapeamento da região, com o claro objetivo de mostrar aos empresários que é possível desenvolver a infraestrutura de serviços turísticos e mudar a realidade do segmento em todo o polo”, enfatiza Cecília.
No último ano, o Sebrae e a Prefeitura Municipal de Barra do Corda firmaram parceria para realizar pesquisa sobre o potencial turístico da região, atuando com dois recortes: o do Pólo Serras, Guajajara, Timbira e Kanela – que apresenta características fortes quanto aos seus atrativos, belezas naturais e diversidade cultural única, onde as tradições se mantêm resistentes – e outro focado no município de Barra do Corda.
Para este último recorte, o diagnóstico dos atrativos contribui para a elaboração de uma proposta de roteirização, onde o reconhecimento do território e a identificação das potencialidades e das características peculiares da localidade têm o objetivo de consolidar e promover a atividade turística local.
O resultado da pesquisa virou um catálogo com os principais empreendimentos de serviços turísticos, monumentos históricos, manifestações culturais e religiosa da cidade lançado durante o IV Seminário de Turismo Regional do Polo das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela realizado no último mês de abril. 

Mais informações:
Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão
(98) 3216-6133
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
Facebook.com/sebraema
Youtube/umcsebraema
Twitter: @Sebrae_Ma
Instagram: @SebraeMaranhao

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pela sua participação grato
por sua visita!...e fique a vontade para opinar.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA