palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

O SIGNIFICADO DA VIDA

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Sebrae apresenta a tecnologia Balde Cheio em Grajaú.



A reunião acontece nesta quinta-feira (16) no auditório da sede do Sebrae em Grajaú.

Com o objetivo de apresentar o funcionamento da metodologia do Programa Balde Cheio, a Unidade Regional do Sebrae em Grajaú, promoverá uma reunião com o engenheiro agrônomo, João Rosseto Ribeiro Júnior, para tratar da implantação da tecnologia Balde Cheio na região. A ação acontecerá nesta quinta-feira (16), ás 8h30, no auditório da sede da instituição na cidade.

Rosseto é instrutor da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e na reunião  fará esclarecimentos sobre como ele já vem sendo implementado na região Centro Sul do Maranhão e falará sobre  como participar do programa.

A ação em Grajaú faz parte do projeto de Agronegócio do Leite e Derivados da Região Sul, coordenado pela Unidade Regional do Sebrae em Imperatriz, mas que também desenvolve a metodologia junto aos produtores dos municípios atendidos pela Unidade Regional do Sebrae de Grajaú. 

A tecnologia Balde Cheio é resultado de uma parceria entre o Sebrae no Maranhão e a Embrapa Pecuária Sudeste, de São Carlos (SP), para a implantação de uma metodologia de gestão de propriedades rurais com foco na produção leiteira e chegou ao estado quando o Sebrae buscava formas de transferir tecnologia para pequenos produtores rurais, conhecimento de formas de manejo e de fácil acesso, para aplicar nos projetos focados em produção leiteira.

Na região Centro-Sul, o projeto já possui unidades demonstrativas nas cidades de Sítio Novo, Grajaú e Amarante. Cerca de 40 produtores são atendidos pelo Sebrae por meio da metodologia.

Durante a palestra será apresentada a finalidade do Balde Cheio, que é o treinamento prático de técnicas para aplicação de ferramentas gerenciais nas propriedades leiteiras e tem como princípio a transferência de tecnologia como alternativa viável para o aumento da produção e redução dos custos na propriedade rural.

Produtores e técnicos interessados em participar do projeto devem entrar em contato com o Sebrae de Grajaú, instituição responsável na região.

O Balde Cheio.

O objetivo do Projeto Balde Cheio é promover o desenvolvimento sustentável da pecuária leiteira via transferência de tecnologia, atendendo a demanda de extensionistas de entidades públicas e privadas e de produtores de leite de todo o Brasil.

Sua metodologia inovadora utiliza uma propriedade leiteira de cunho familiar como "sala de aula prática" com a finalidade de reciclar o conhecimento de todos os envolvidos: pesquisadores, extensionistas e produtores e, ao mesmo tempo, apresentar essa propriedade como exemplo de desenvolvimento sustentável da atividade leiteira em todos os aspectos: técnico, econômico, social e ambiental.

Segundo dados da Embrapa, em 2013, 25 Estados brasileiros já faziam parte do Projeto Balde Cheio, totalizando 741 municípios e mais de 3.497 propriedades rurais, sendo 565 Unidades de Demonstração.

Além da região Centro Sul do Maranhão, o Sebrae aplica a tecnologia em outros municípios atendidos pelas unidades regionais de Bacabal, Imperatriz e Açailândia, que também possuem excelentes resultados.

Para o superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, os resultados obtidos com a aplicação da tecnologia Balde Cheio nos projetos do Sebrae estão entre os exemplos de sucesso da atuação da entidade.

“Por meio da aplicação da tecnologia do Balde Cheio, o Sebrae apoia os produtores da região que podem produzir mais leite e vender mais qualidade. Esse aumento se reflete na qualidade e quantidade, hoje temos produtores que com suas vacas, saltaram de 1,5 litro por animal diariamente para oito litros por animal diários, fruto de um rendimento melhor desses animais. Esse é um exemplo de caso de sucesso do Sebrae no Maranhão.  Essa parceria com o governo estadual e outros atores desta cadeia produtiva busca melhorar ainda mais o trabalho desenvolvido pelos nossos produtores leiteiros”, frisou João Martins. 

FONTE: Ângela Barros
Jornalista, 2374, DRT-PA.
(99)99989-3822
Assessoria de Marketing e Comunicação

Regional do Sebrae em Grajaú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pela sua participação grato
por sua visita!...e fique a vontade para opinar.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA