palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

O SIGNIFICADO DA VIDA

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Três bancadas ampliam demandas ao governo.


Michel Temer se esforça para atender demandas das bancadas conhecidas como 'boi, bala e bíblia' na semana que decidirá o futuro da denúncia contra ele na Câmara.

Nesta quarta-feira, 02 de agosto/2017, a Câmara decidirá se a denúncia contra o presidente Michel Temer vai ser barrada ou não. Neste período de convencimento, Temer vem usando uma série de estratégias para angariar os 172 votos necessários para que a denúncia não siga adiante. Três bancadas da Câmara em especial estão aproveitando este momento delicado do presidente para reforçar suas demandas no governo federal.
As bancadas são conhecidas pela sigla BBB: boi, da bala e bíblia. O apelido foi dado porque elas são compostas por parlamentares ruralistas, líderes religiosos e ex-policiais, que defendem temas ligados ao agronegócio, à segurança pública e à religião.
Como, 80% dos 213 deputados que não declararam publicamente seu voto a respeito da acusação contra Temer fazem parte dessas bancadas, o interesse de Temer em atender seus pedidos é grande.
No dia 11 deste mês, por exemplo, o presidente sancionou a medida provisória que permite a legalização em massa de áreas públicas invadidas, apelidada por ambientalistas de “MP da Grilagem”. O governo também encaminhou neste mês um projeto de lei que altera os limites da Floresta Nacional do Jamanxim e cria uma Área de Proteção Ambiental de mesmo nome, no Pará. Na prática, ela aumenta a área que pode ser desmatada.
No mês passado, a bancada evangélica conseguiu que o Ministério da Educação retirasse mais de 90 mil livros didáticos de circulação por considerar seu conteúdo impróprio.
A bancada da bala, por sua vez, quer uma resposta do governo quanto a uma demanda específica: a revogação do Estatuto do Desarmamento.
Espera-se ainda que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente pelo menos uma nova acusação formal contra o presidente. Não é à toa que Temer está correndo atrás de apoio político.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pela sua participação grato
por sua visita!...e fique a vontade para opinar.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA