palavra viva

"E farei uma aliança eterna com eles, para que não me afastei deles, para fazê-los bons; e colocarei o meu medo em seus corações, para que não se afastem de mim. Sim, regozijarei-me com eles para fazê-los bons, e os plantarei nesta terra em verdade com todo o meu coração e com toda a minha alma. "- Jeremias 32: 40-41

DOAÇÕES

O BLOG FOLHA DE CUXÁ é mantido por doações e anúncios publicitários... Se o blog é útil para você, pedimos que você reserve 1 um minuto para ajudá-lo a continuar on-line e crescer cada vez mais... Qualquer quantia R$ será de grande ajuda Obrigado! A todos que mensalmente mostram seu apoio para O BLOG FOLHA DE CUXÁ. Lembre-se de fazer uma doação de qualquer valor R$ para a continuidade do nosso trabalho. Qualquer quantidade de apoio financeiro neste momento será direcionada para cobrir despesas de INTERNET e manutenção. Agradeço antecipadamente...Obrigado! a todos que mostraram seu apoio para o nosso trabalho!

DOAÇÕES

DOAÇÕES

O SIGNIFICADO DA VIDA

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

CPI DO BNDES É INSTALADA E ROBERTO ROCHA É O RELATOR.


O parlamentar é o autor do requerimento para a abertura da CPI, cuja instalação contou com o apoio de 37 senadores, e foi escolhido por indicação do presidente da Comissão e decisão unânime do colegiado.
 Foi instalada no Senado nesta quarta-feira (2), às 18:30h, a Comissão Parlamentar de Inquérito do BNDES. A comissão é uma proposição do senador Roberto Rocha e foi criada para investigar irregularidades nos empréstimos concedidos pelo banco no âmbito do programa de globalização das companhias nacionais.
Na reunião de instalação da CPI, foram eleitos, para presidente e vice-presidente do colegiado, os senadores Davi Alcolumbe (DEM-AP) e Sérgio Petecào (PSD-AC), respectivamente. Para relator, foi escolhido o senador Roberto Rocha (PSB-MA), por indicação do presidente eleito e com a unanimidade do colegiado.
A instalação da CPI contou com o apoio de 37 senadores, dez a mais do que o mínimo exigido pelo regimento. Em seu requerimento, o senador Roberto Rocha propôs atenção especial à linha de crédito para a internacionalização de empresas operada a partir de 2007, ainda no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi essa linha de crédito que permitiu aos irmãos Batista, donos da JBS, internacionalizar suas operações por meio da compra de frigoríficos em diversos países, com destaque para os Estados Unidos.
Além de financiar as aquisições da JBS, o BNDES ainda comprou participação na empresa por meio da BNDESpar, uma subsidiária. Hoje, o banco detém 23% do capital da JBS. Após investigações, o Tribunal de Contas da União (TCU) estimou em R$ 711 milhões o prejuízo até aqui acumulado pelo BNDES com essa parceria.

Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pela sua participação grato
por sua visita!...e fique a vontade para opinar.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA