palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

O SIGNIFICADO DA VIDA

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Clínicas de hemodiálise deixam de atender pacientes do SUS


As duas clínicas que realizam serviço gratuito de hemodiálise conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS), em Imperatriz, anunciaram interrupção no tratamento alegando estarem há três meses sem receber os repasses federais que devem ser pagos pela prefeitura. Cerca de quatrocentos pacientes poderão ficar sem dar continuidade ao tratamento. O valor atrasado é de aproximadamente três milhões de reais.
A CDR-Clínica de Doenças Renais e CNI-Clínica de Nefrologia de Imperatriz, informaram que estão desde novembro de 2016 sem receberem o repasse do convênio, estando impossibilitados de pagar os seus servidores e fazer a manutenção da clínica.
“As clínicas de hemodiálise foram licitadas e têm contrato vigente, o serviço foi prestado e a fatura foi enviada. As clínicas são credenciadas pelo Ministério da Saúde e o município é um mero repassador do recurso, ele fiscaliza, autoriza e repassa. O problema é que o recurso de três meses já foi repassado pelo Ministério da Saúde para o Município de Imperatriz, mas infelizmente nós não tivemos êxito”, afirmou o nefrologista e proprietário da CDR, Dr Antônio Dantas.
Dr Dantas fez um comunicado aos usuários e familiares da clínica informando que poderá ser “obrigada a suspender todos os atendimentos de Terapia Substitutiva (Hemodiálise) do Sistema Único de Saúde”. O nefrologista revelou ainda que a clínica adotou uma medida para evitar maiores prejuízos: a unidade só está atendendo aos pacientes de hemodiálise que já estão internados. Os que são encaminhados de outros locais estão retornando. E para atender alguns dos gastos, a unidade já recorreu a empréstimos bancários.
O proprietário da clínica afirmou ainda que, em reunião para tratar do assunto, a prefeitura não deu previsão para regularizar a situação. Informou também que há mais de cinquenta dias está tentando negociar com a secretaria municipal de Saúde, mas nada foi resolvido.
A reportagem solicitou informações à prefeitura sobre a situação, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos resposta.
O tratamento
Hemodiálise é um procedimento através do qual uma máquina limpa e filtra o sangue, ou seja, faz parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento libera o corpo dos resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos. Também controla a pressão arterial e ajuda o corpo a manter o equilíbrio de substâncias como sódio, potássio, ureia e creatinina.
As sessões de hemodiálise são feitas geralmente em clínicas especializadas ou hospitais, e são realizadas de três à quatro dias por semana.
Fotos: MA10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado pela sua participação grato
por sua visita!...e fique a vontade para opinar.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA